6 cidades onde andar de bicicleta é coisa séria

Quando o assunto é usar bicicleta como meio de transporte em uma grande cidade, existem no mundo dois exemplos que são unanimidades: Copenhague e Amsterdã. Essas cidades têm uma relação especial com as magrelas há muitas décadas, com bastante discussão e investimento no tema da mobilidade. Tanto por ali quanto em outros lugares onde o avanço do uso de bikes é mais recente, cada vez mais os espaços urbanos têm sido aperfeiçoados para favorecer o ciclismo e integrar da melhor forma possível bicicletas, pedestres e veículos. Destacamos aqui seis cidades cujos esforços em prol de quem pedala são notáveis.

Copenhague, Dinamarca

A foto no topo mostra a passarela “Bicycle Snake”, projetada pelo escritório Dissing + Weiling e inaugurada em junho de 2014. Esse projeto foi encomendado pela prefeitura para facilitar a passagem dos ciclistas, que antes encontravam dificuldade para atravessar o canal nesse ponto. A passarela exclusiva para bicicletas é uma solução incrível, que mostra o quanto essa cidade se importa com os ciclistas. Não poderia ser para menos, já que 36% da população pedala!

Copenhagen-Cyclists-Federation-of-European-Cyclists

Quando uma pessoa escolhe pedalar uma bike ao invés de sair de carro, ela polui menos o meio ambiente, realiza uma atividade que faz bem para sua saúde e ainda economiza dinheiro. A popularidade das bikes em Copenhague é fruto de um conjunto de fatores culturais e de estilo de vida, que inclui todos esses aspectos. A foto abaixo serve para mostrar como essa escolha é levada a sério.

copenhague2

Amsterdã, Holanda

AMSTERDAM-1

A impressionante relação do povo holandês com as bicicletas fica escancarada quando 31,2% da população do país define a bike como seu meio de transporte principal. Na capital Amsterdã, o número de bicicletas é superior ao de habitantes e calcula-se que a modalidade seja responsável por 60% dos deslocamentos na área central. Embora a cidade não seja a mais bem equipada hoje em dia, muitos ainda a consideram como a capital mundial da bicicleta.

amsterda-2

Berlim, Alemanha

berlim4

Berlim não é a cidade alemã com maior percentual de ciclistas ou melhor infraestrutura para pedalar, pois há no interior da Alemanha cidades menores com uma cultura muito forte de uso de bicicleta, como Münster e Greifswald. O motivo da capital alemã estar nessa lista é justamente sua escala: com 3,5 milhões de habitantes e uma área bem maior do que Amsterdã e Copenhague, a cidade passou por um boom no uso de bicicletas. As magrelas de Berlim fazem 500.000 viagens diárias, representando 13% dos deslocamentos.

Portland, Estados Unidos

portland2

Constantemente listada entre as cidades com maior qualidade de vida no mundo, Portland registra que 6% de seus moradores vão de bike para o trabalho. Pode parecer pouco, mas esse é o maior índice para uma cidade americana, além de ser 10 vezes superior à média do país. Premiada pelos esforços de incentivo ao uso da bike, a cidade conta com uma infraestrutura impecável e um plano ambicioso para triplicar a participação dessa modalidade até 2030.

Sevilha, Espanha

sevilha-2

Há cerca de dez anos atrás, Sevilha enfrentava no trânsito a pior “hora do rush” de toda Espanha. Adivinha qual foi a solução proposta? Em um país onde apenas 1,6% da população declara a bicicleta como seu meio de transporte principal, muitos achavam que não adiantava incentivar o uso de bikes, mas Sevilha mostrou que eles estavam errados. Após investir no planejamento e criar uma ampla e integrada rede de pistas para bicicletas, a cidade elevou a taxa de uso dessa modalidade de 0,5% para 7%, tornando-se um exemplo de sucesso.

Bordeaux, França

Situada no sudoeste da França, a cidade litorânea de Bordeaux é conhecida mundialmente pela qualidade de seus vinhos. Mas o que pouca gente sabe é que ela tem hoje uma das melhores estruturas para a locomoção de bicicletas. O investimento feito em infraestrtura e também em marketing trouxe ótimos resultados: a cidade dispõe de 600 km de pistas e as bikes representam 10% dos deslocamentos.

bordeaux

As bicicletas têm ainda outro papel fundamental em Bordeaux, que é o de servir ao turismo. As leis da França são bastante severas com quem degusta vinhos e dirige, por isso as bikes são a melhor opção para conhecer a cidade e passear pelas vinícolas em seus arredores!

bordeaux-3

Matérias relacionadas